terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Samba

O samba só existe com a dor
Vou sambar
Sambo meu sorriso pelo mundo

Doeu forte no peito
No pé o samba não parou
E não passou a dor
Se escondeu

Tão lá de mim me coloquei
E vi do longe alto, eu
Doendo do lado,
Sangrando.
Sambando embaixo

Sou feliz

Me completei em mim
Completei pra mim
Sou eu hoje samba
Toda eu um samba

Me criei feliz
Sorri do teu olhar
Sorri no teu olhar

Fui mais que eu
A força veio de baixo
No que devia tropeçar
Me reergui
Não tinha pra onde cair

Me criei na dor
Me criei um samba
Fui dor
Sou samba

Um comentário:

Flávio Catão. disse...

"Seja samba...seja rock...seja pop...seja música e se reerga sempre que cair.
E se precisar de ajuda, estarei ali, sempre por perto de ti. Pois tem sido assim nos ultimos meses, e serás assim até o fim do meu existir!"

Te curtindo mt. Q bom q o tempo veio no tempo certo!

=*